revistateeneducacional

Japão – Um caso recente

Posted on: 5 de abril de 2011

No dia 11 de Março de 2011, o Japão sofreu um abalo sísmico (terremoto) de 8,8 graus na escala RICHTER (escala que mede a energia que é liberada por um sismo), logo seguido de um tsunami (onda gigante) que segundo o registrado foi de 10m de altura e devastou parte da costa japonesa.

No Japão há um alarme que quando tem um terremoto começa a soar, ele serve para que alertar as pessoas que algo está acontecendo e que devam procurar um abrigo seguro. Os prédios do Japão tem um sistema antiterremotos para que os prédios não caiam, essa estrutura é simples, mas cara, ela é formada basicamente de:

  • Suspensão no alicerce – que assim como nos carros, amortece a tremedeira;
  • Paredes super-resistentes – que são feitas de ferro e concreto;
  • Amortecedores nas paredes – evitam que o prédio entre em ressonância durante o terremoto;
  • Peso que cancela movimentos – colocado no alto do prédio, um peso balança no lado contrario ao que o prédio vai

O número de mortos japoneses chega a mais de 21 mil.

Causas do terremoto e tsunami:

Terremotos: causado pela sobreposição de placas tectônicas, eles são mais comuns no pacifico onde há o maior numero de encontro das placas.

Tsunami: são causadas por movimentações terrestres abaixo d’agua sem importar o sentido do movimento. As ondas inicialmente são baixas, mas velozes (pode chegar a aproximadamente 800k/h) quando chega a uma área mais rasa perde velocidade, mas a altura cresce.

Esquema

Por: Lucas Gimenes.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Segue a gente lá no twitter.

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: